gardo baquaqua marca paginas

Biografia de escravo brasileiro é publicada no Brasil

Em tempos que Cara Gente Branca levantou a pauta sobre racismo. A Editora Uirapuru publicou ha poucos dias, a biografia de um escravo que somente tinha sido publicada em 1854 nos Estados Unidos.

Mahommah Gardo Baquaqua nasceu na África Ocidental, no atual Benin, veio em um navio BAQUAQUA-356x500negreiro até o Brasil e, em Pernambuco, serviu de escravo a um padeiro. O ano era 1845. Dois anos depois, ele escapou. Um entre milhões de negros trazidos para as Américas, sua vida está documentada no livro Biografia de Mahommad Gardo Baquaqua.

Este é um dos poucos relatos da época que foi contado por um negro que foi escravo nas terras tupiniquins. A Biografia nos descreve costumes, estruturas e a relação entre os senhores e escravos, com ênfase na violência sofrida por Mahommad Gardo Baquaqua.

O livro preenche um dos muitos espaços deixados em branco na história da escravidão no Brasil. A intensidade do próprio autor é a chave para conseguirmos chegar ao máximo possível de entendimento sobre o que era ser um escravo no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *