morrer de amor e continuar vivendo marca paginas

Editora nova no mercado: Amora lança seu primeiro livro

A Editora Amora foi criada pelo editor Silvio Testa, o publicitário Luiz Gagliardi e pela especialista em planejamento estratégico Ana Segatto. A ideia da nova Editora que está entrando no mercado, é publicar livros ’emocionadores e que transmitam emoções e gere empatia.

O lançamento  Morrer de amor e continuar vivendo, da ilustradora Lorena Kaz, é o título de estreia da Editora. O livro é uma coleção que traz  64 histórias em quadrinhos que ajudam as mulheres a superarem a dependência nos relacionamentos.

O próximo livo já está sendo produzido, escrito por Ciça LessaCacos e outros fragmentosseguirá a linha editorial e promete despertar sentimentos em todos os leitores.

marca paginas literatura infantil amazon

Amazon lança loja infantil

A Amazon anunciou o lançamento da loja infantil com mais de 25 mil títulos em português e mais de 100 mil importados. Pensando em facilitar a vida dos clientes, a pesquisa poderá ser feita por idade, personagem, série ou autor.
A Loja convidou a A Taba, consultoria especializada em livros infantojuvenis, para realizar uma curadoria. Dessa forma, o cliente também poderá buscar  por livros para leitura sozinho ou acompanhado, autonomia e experiência.
Em comemoração ao lançamento, a Amazon está com uma promoção até quarta-feira (29) com mais de 25 mil livros com descontos de até 70%. Além disso, a cada dois livros adquiridos, os consumidores ganharão um livro infantil da Cosac Naify entre uma seleção de 20 títulos.
macbeth marca paginas

Macbeth: Shakespeare é Shakespeare

Pela primeira vez, tive coragem de me aventurar nas peças de William Shakespeare. Após o lançamento da edição especial do livro Macbeth, pela Editora Nova Fronteira, decidi conhecer o outro mundo literário, mundo que Shakespeare conseguiu popularizar através de suas belas palavras que ganharam encenações em palcos e telas de cinema, mesmo que mais de quatrocentos anos tenham se passado.

Macbeth é a mais curta das tragédias, possui apenas 2.107 linhas, um pouco mais da metade Livro-MacBeth-William-Shakespeare-6853485de Hamlet. Mas isso não impediu que a peça conquistasse o público. Macbeth é um dos generais do exército escocês que vê seu destino ditado por três Bruxas. Conforme a previsão das feiticeiras, Macbeth é eleito Barão de Cawdor pelo Rei Duncan. Surpreso pela precisão das revelações, o Barão escreve para sua esposa, Lady Macbeth, para contar as novidades. Indo ainda mais fundo na previsão, sua esposa propõe então ao marido que o Rei seja assassinado, para que o governo do reino passe então para as suas mãos.

Após hesitar por alguns momentos, Macbeth cede à tentação, planeja e executa o assassinato de Duncan. Logo em seguida, o peso na consciência recai sobre a sua cabeça e, sentindo-se cada vez mais sufocado pela culpa, ele segue cometendo atos insanos. Neste momento, seus principais rivais são a culpa, o remorso e os fantasmas de suas vítimas, que irão ser determinantes em como será o reinado de Macbeth.

Escrita por volta de 1600, a tragédia shakesperiana trata principalmente de ambição e cobiça. Em primeiro momento, a imagem de perversão aparece com Lady Macbeth, mas conforme a peça vai evoluindo, ela deixa a função de alterego do marido e vai perdendo espaço na história, reconquistando-o apenas há algumas cenas do fim.

Para quem está acostumado com texto em prosa, sentirá alguma dificuldade na leitura da dramaturgia. Não só o formato, mas as palavras também podem ser um obstáculo para quem está iniciando. Conforme as páginas se passam, o leitor que insiste na leitura consegue se acostumar com o texto e até acaba se adequando à nova leitura.

Dedico um tempo para falar da tradução da obra, que foi feita por Barbara Heliondra. Além de tradutora, foi crítica teatral ensaísta e professora. Barbara foi uma das maiores especialistas nas obras de Shakespeare no Brasil. Nesta segunda edição, o texto passou por revisão e correção de pequenos erros que continham na publicação anterior. Posso adiantar que as palavras traduzidas encantam os olhos de quem lê, perdendo muito pouco da grandiosidade escrita pelo autor.

Shakespeare é recomendado há mais de quatrocentos anos, então não creio que preciso me dar o trabalho de te convencer a ler suas obras. É leitura obrigatória para qualquer pessoa que dedica algum tempo à apreciação de boas obras literárias e um desafio para quem nunca se aventurou pelas suas tragédias. Macbeth é um texto curto, a edição da Nova Fronteira possui apenas 136 páginas e podem ser lidas em apenas um dia. A obra é um ótimo convite para quem quer começar a ler algo diferente, então, aproveite a edição com a capa do filme. Por experiência própria, afirmo que é difícil encontrar uma capa a altura das obras de Shakespare, mas a nova edição consegue ilustrar muito bem o conteúdo de suas páginas.

to_walk_invisible_marca_paginas_serie_irmas_brontë

Filme sobre as irmãs Brontë tem estreia marcada para hoje (26)

Charlotte, Anne e Emily – as misteriosas irmãs Brontë – estão começando sua estreia na TV. A BBC One está lançando um filme chamado “To Walk Invisible: The Bronte Sisters” que narrará um período importante na vida das escritoras.

“To Walk Invisible” focaliza a família Brontë de 1845 a 1848, período em que Emily publicou O Morro dos Ventos Uivantes, Anne publicou Agnes Gray e Charlotte publicou Jane Eyre. O longa também irá cobrir a monotonia da vida cotidiana durante este tempo, bem como a vida da família Brontë em uma pequena aldeia Inglesa.

O filme é estrelado por Charlie Murphy, Chloe Pirrie, Finn Atkins, Jonathan Pryce, Adam Nagaitis e tem sua estreia marcada para hoje, dia 26/03.

Confira abaixo o trailer. Nós já estamos muito ansiosos para assistir e você?

nota fiscal paulista marca paginas

Nota Fiscal Paulista muda visando o incentivo cultural

Boa notícia para o consumidores de livros e moradores do estado de São Paulo! O programa Nota Fiscal Paulista sofrerá mudanças que irá contribuir para o incentivo à área cultural. Agora os paulistas que comprarem livro e pedirem o CPF na nota fiscal para receber parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias, irá receber 30% do ICMS na compra do livro. É ou não é um bom motivo para perder 10 segundo a mais no caixa?

biblioteca viva marca paginas

Dória reformula bibliotecas da capital paulista

Em quase quatro meses de gestão o prefeito de São Paulo, João Dória, criou o programa Biblioteca Viva para reformular todas as bibliotecas públicas. A ideia principal é torna-las mais atrativas para o público e transforma-las em um espaço de conveniência e lazer.  O programa irá transformar os 54 equipamentos públicos em polos de cultura espalhados pela capital paulista.

O modelo é inspirado em iniciativas internacionais que foram colocadas em prática em cidades como Medellín, na Colômbia. As ações prometem transformar a relação dos leitores com esses espaços de diversão, cultura e lazer, inclusive aos finais de semana. As mudanças começarão a ser sentidas com o passar dos próximos três meses e as mudanças serão gradativas. A Cultura estabeleceu nove eixos de transformação que pretendem revitalizar as bibliotecas com programação regular, atividades culturais, acesso a wi-fi gratuito, funcionamento aos domingos e abertura de cafés dentro dos prédios.

Uma mudança importante será a nova forma de aquisição dos livros. As compras serão feitas diretamente com a editora e não mais via distribuidoras. João Dória contou que fará pedidos de doações para os editores, desta forma o custo com a aquisição de livros será mais baixo e terá mais agilidade na renovação dos estoques.

No ano passado, as bibliotecas de São Paulo receberam mais de um milhão de visitantes e pegaram emprestado mais de seiscentos mil livros. Porém, o município investiu quase quinhentos mil reais na compra de 15.964 exemplares, se compararmos com o ano anterior, podemos perceber uma queda no número de livros no acervo. Se em 2015, as bibliotecas tinham 2.447.226, em 2016, fecharam com 2.249.042, quase 200 mil livros a menos.

Confira abaixo os nove eixos do Biblioteca Viva:

1- Ampliação do horário de atendimento: todas as bibliotecas públicas funcionarão aos domingos, por um período de pelo menos 4 horas

2 – Wi-fi livre e gratuito em todas as bibliotecas: 19 delas já oferecem o serviço;

3 – Mapeamento do acervo e reformulação da política de aquisição para melhorar a oferta de lançamentos;

4 – Alterar a exposição dos livros de forma que sejam visualizados pelas capas e não mais apenas pelas lombadas;

5 – Programação artística: regularidade na oferta de atividades de diversas linguagens como dança, teatro, música, circo etc. A ideia é transformar a biblioteca em um espaço de uso múltiplo.

6- Novas categorias de organização como humor, amor, literatura policial, ficção científica, fantasia, mangás, etc., que são mais atrativas para o público;

7- Treinamento das equipes que atuam nas bibliotecas públicas por meio de cursos de atualização e atividades culturais para formação;

8- Embaixadores das bibliotecas: autores consagrados que apadrinham as bibliotecas e se envolvem na curadoria de programações literárias;

9- Integração das bibliotecas com os saraus literários, que ocupam uma cena cultural vibrante e poderão circular pelas unidades da rede levando propostas contemporâneas de interação com a literatura.

 

j.k. rowling marca paginas

J.K. Rowling divulga título do quarto livro da série “Cormoran Strike”

J.K. Rowling revelou o título do quarto livro da série Detetive Cormoran Strike, escrita sob pseudônimo de Robert Galbraith. Lethal White veio ao público por meio de uma brincadeira no Twitter: quando um seguidor pediu uma pista do nome do novo livro, a autora fez um “jogo da forca”.

Para o leitor que descobriu, Rowling prometeu uma cópia autografada quando terminar o livro – atualmente, ela está escrevendo o capítulo 23.

Se você ainda não leu os livros anteriores – O Chamado do Cuco, O Bicho-da-seda e Vocação para o Mal -, corra! Além do quarto romance, uma adaptação televisiva para a BBC está a caminho!

marca paginas assedio

Marca páginas vira alerta contra assédio no transporte público

O Grupo Livrarias Curitiba, no último Dia da Mulher, desenvolveu um marcador de páginas para auxiliar as mulheres no combate ao assédio sexual: O Marca Assédio.

Foram produzidos 60.000 unidades para serem distribuídas em todas as lojas da rede a fim de colocar um basta em uma conduta criminosa presente no transporte público coletivo.

O Marca Assédio tem por finalidade alertar os demais passageiros deste tipo de transporte do crime de assédio sexual na hora em que ele acontece.

Afinal, não dá para apenas virar essa página da vida das mulheres. Ele vem com a frase em letras garrafais: “Estou sendo vítima de assédio agora. Me ajude.”

Com isso, se a mulher estiver sendo vítima, basta levantar a parte da mensagem e mostrar para o passageiro mais próximo…

É preciso impedir que atitudes que firam a dignidade de todas elas aconteçam. Este é o o nosso presente e a nossa tentativa de transformar a sociedade em prol de quem tanto luta por respeito.

Estamos simplesmente amando essa iniciativa!

Uma ação simples, mas com um impacto importantíssimo. Olha só o vídeo da ação:

 

Via: Comunicadores

 

capa marcapaginas literatura mundial

Confira o Mapa da Literatura Mundial

Está rolando pela internet uma imagem de um Mapa da Literatura Mundial. Cada país foi representado pelo livro que, na opinião do criador, é a principal obra do país. É claro que há diversas divergências, na Russia, por exemplo, a obra escolhida foi Guerra e Paz de Tolstói, porém algumas pessoas acreditam que Dostoiévski poderia claramente ocupar a representação do país.

No Reino Unido, Orgulho e Preconceito, da célebre Jane Austen ficou responsável pela representação. Será que os Fãs de Dickens ou Shakespeare não vão discordar? Na Espanha, o ícone Don Quixote foi substituído por Sombras do Vento de Carlos Ruiz Zafón.

Divergências à parte, o interessante do mapa é conhecer a literatura de diversos países que ficam fora do radar comercial da literatura. Não achamos a imagem em uma qualidade tão grande a ponte de poder ler todos os títulos, nem a lista das obras mencionadas, uma pena, não? Mas segue a imagem para vocês darem uma olhada.

mapa literatura marca paginas

obama marca pagia

Companhia das Letras publicará livros de Barack e Michelle Obama

O presidente da Penguin Random House, Markus Dohle, anunciou que todas as editoras do grupo no mundo irão publicar numa operação coordenada os livros do ex-presidente Barack Obama e da ex-primeira-dama Michelle Obama. Em cada território, os livros seguirão um plano de publicação e um calendário de lançamento próprios. No Brasil, os livros serão publicados pelo Grupo Companhia das Letras em data ainda a ser confirmada. Os direitos de publicação mundial foram adquiridos pela Penguin Random House no mês passado.

Luiz Schwarcz, publisher do Grupo Companhia das Letras, coordenará as edições brasileiras. “A Companhia das Letras é guiada por valores essenciais: promover uma perspectiva ampla do mundo e dar voz à diversidade da experiência humana. Para nós, publicar os livros de Barack Obama e Michelle Obama será uma honra e uma missão, em um país que necessita de mensagens esclarecedoras. Vamos assegurar, com verdadeiro senso de dever, que os livros alcancem o maior número possível de leitores brasileiros”, afirmou Luiz Schwarcz.

barack-obama-michelle-obama-love-story-romance-photos-25

 

“Individualmente e como casal, Barack Obama e Michelle Obama personificam de maneira única o que significa assumir responsabilidade pelo mundo em que vivemos. O estilo, o charme, o humor e o rigor intelectual os tornaram um exemplo para o mundo, e também uma fonte de inspiração para as pessoas em todo o planeta. Estamos animados em participar da iniciativa global de publicação da Penguin Random House em levar para os leitores alemães esses livros”, declarou Frank Sambeth, presidente da Verlagsgruppe Random House.

Em apoio à missão da Obama Foundation e em decorrência do comprometimento da Penguin Random House com ações de responsabilidade social, o grupo editorial fará uma doação de um milhão de livros em nome da família Obama para a First Book, parceira sem fins lucrativos de longa data da Penguin Random House e também para a White House Digital Education Initiative 2016, Open eBooks. A First Book se dedica à promoção do acesso à educação igualitária ao fornecer novos livros, materiais educacionais e outros bens de primeira necessidade a crianças carentes nos Estados Unidos e no Canadá. O casal Obama também planeja doar uma parcela significativa da renda das vendas para caridade, incluindo a Obama Foundation.

 

Via (Blog da Companhia)